Categorias

Predicado

Posted on October 4, 2016 at 7:40 PM Comments comments (38)


                , AFASTA-TE

De toda a inquietude,

Gerada por aquilo que bate,

Que pulsa,

Que fere.


Poetas embelezam a realidade,

Que pulsa,

Que Fere,

Poetas e palavras,

Provas e versos,

Tudo o que leres,

Teve uma intenção,

Teve uma emoção,

Gerada por aquilo que bate,

Que pulsa,

Que Fere.


Ouve C.Buarque,

Construção:



Texto de: P.

Deixei de ser Poeta

Posted on April 22, 2016 at 12:55 PM Comments comments (0)

Dos últimos sintagma que escrevo,

Percebo o relampejo da inspiração,

Pois, nessa função poética e não reconhecida

O tudo serviu de nada à autoestima,

 

Daquele que escreve e produz

( Obrigado Gregório pela Chama Fria]

Em folhas brandas de palavras azuis

[ Sérgio Blank agradeço por me mostrar a poesia]

 

Percebi que não tenho o famoso Talento,

sabor chocolate,

mas a quem lê o que escrevo o sentimento que ficará

É saudade

 

Por isso,

Encerrarei despedindo-me,

da função de poeta-aprendiz,

Recitando o “Sem Título”,

 

 

Do Dois pontos:

ponto.

& vírgula,

Lição: [Re]aprender os nuances da vida!

 

Texto de: P.

Stop at the Green One

Posted on April 14, 2016 at 10:50 AM Comments comments (0)

Quanto mais eu corro, mais paro

Corro e paro

Na mesma linha não linear

Eu sigo em busca do tempo.

 


Sábios são aqueles que sentem

Sem sentir; paradoxo do dia

Que não inicia

Que não termina

Que não possui meio

E ainda sim chega ao seu fim às dez e vinte.

 


Seria o repetir um fardo desprovido de viver?

Prazer, sou eu quem vos falo

A voz dos minutos não gastos

Porém passados ao entardecer.

 


Cansei; canso; cansarei

A pausa há de ser pausada novamente

Fadado está o sinal verde à frente

Assim como o cinza do céu de meio dia.

 


O mundo podia ser menos azul;

A vida menos amarela,

Quisera o louco mais branco em sua mente

Mais vermelho do que há em seu coração.

 


 

Para não esquecer da ironia, afirmo:

Perde a graça na própria maestria

Dizer o que já foi dito

Intensifica o banal e redundante

Do instante já esquecido em sua retórica

Agora epitáfio.


 


Texto de: F.